Projeto oferece apoio online para pessoas em desemprego

Como medida de enfrentamento da pandemia covid-19, a Cruzando Histórias criou o “Escutação Especial”, um projeto que conta com a colaboração de 200 voluntários e oferece apoio online para pessoas em desemprego em todo o Brasil.


“O que a Cruzando Histórias pode fazer para oferecer acolhimento para pessoas em desemprego em meio a pandemia covid-19 que chegou no Brasil?”, essa foi a pergunta que motivou a reflexão de Bia Diniz, moradora da região e fundadora da Cruzando Histórias, ONG que escuta, acolhe e empodera pessoas em busca de recolocação profissional ou transição de carreira há três anos.

Foi preciso pensar e agir rápido para oferecer um suporte de apoio emocional e mental para tantas pessoas que seguem enfrentando o desemprego e temem o futuro incerto que está por vir durante e após essa crise. Assim, a Cruzando Histórias reestruturou o seu projeto “Escutação”, geralmente presencial e em grupo, para uma versão online, individual e com alcance para todo Brasil.

Batizado como “Escutação Especial”, o projeto oferece ‘Acolhimento online’, uma sessão única de escuta empática e orientação de carreira com o escutador voluntário, com atenção maior para a escuta. Além de criar uma linha de atendimento ainda mais focada no suporte emocional, batizado de ‘Psicoterapia Breve’, através de um ciclo de quatro sessões com psicólogos voluntários.

Para conseguir estruturar todo esse projeto foi preciso contar com reforços externos: 250 psicólogos se voluntariaram para o trabalho social! A meta é atender 350 pessoas até o final de abril.

O serviço é online, gratuito, individual e está disponível para pessoas em desemprego em todo o Brasil. Para participar, basta acessar o site da Cruzando Histórias e preencher o formulário de inscrição no banner do projeto, “Escutação Especial. Ali mesmo, a pessoa escolhe qual dos dois caminhos de escuta se encaixa melhor para o momento dela. Depois disso, um dos voluntários do projeto vai entrar em contato e agendar a sessão online.

“Eu estou muito feliz e orgulhosa do resultado disso tudo. Hoje, quando olho para a minha história, jamais imaginaria que a minha iniciativa lá no começo, de quando eu saia sozinha pelas ruas oferecendo escuta para pessoas em desemprego, se transformaria em um projeto tão importante e necessário como esse. Estamos em meio a uma pandemia e eu posso contar com o apoio de tantos voluntários! A Cruzando Histórias se tornou uma comunidade forte, de pessoas genuinamente dispostas a ajudarem outras pessoas”, conta Bia Diniz, que no ano passado fez uma parceria com a Revista Circuito para a execução do projeto Selo Cidadão: Conexão&Emprego.

Publicado originalmente em Revista Circuito em 14 de abril de 2020.

18 visualizações
whatsapp
whatsapp

Grupos de Networking

Grátis
PROJETOS
Newsletter

Receba as novidades da CH

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

© 2017-2020 Associação Civil Cruzando Histórias - 30.745.930/0001-35

Fale Conosco