top of page

Cruzando Histórias treina mais de 12 mil contra o assédio junto à Prefeitura do Rio

A ação faz parte do movimento global Stand Up de L’Oréal Paris


No Brasil, 30 milhões de mulheres sofreram assédio sexual em 2022, segundo dados da pesquisa Visível e invisível: a vitimização de mulheres no Brasil, realizada pelo DataFolha e Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Esse número representa 47% das brasileiras.


Tendo conhecimento da gravidade do assunto, L’Oréal Paris e a Prefeitura do Rio de Janeiro firmaram parceria, por meio da Secretaria da Mulher e já realizaram treinamentos para mais de 12 mil pessoas pelo Stand Up, programa global de treinamento de L’Oréal Paris para ajudar a prevenir a importunação sexual nas ruas desenvolvido pela ONG estadunidense Right To Be. No Brasil, os treinamentos são disseminados pela ONG Cruzando Histórias.


O Rio de Janeiro é a primeira cidade do país a estabelecer uma parceria público-privada com o Stand Up. A iniciativa é fundamental para que a população compreenda que tem um papel fundamental no combate a esse tipo de violência e, por possuir uma metodologia estruturada em diferentes maneiras de agir, o Stand Up é uma das maneiras de trazer a ação para as pessoas de uma forma segura, ágil e simples.


“O Stand Up vai nos ajudar a capacitar a população, tornando-a mais consciente e empoderada para agir contra o assédio. Acreditamos que a conscientização é fundamental para garantirmos os direitos das mulheres e, ao unir forças, conseguimos amplificar o alcance das iniciativas e promover impactos concretos na sociedade”, afirmou Joyce Trindade, Secretária de Direitos das Mulheres.


A primeira ação da parceria ocorreu no dia 16 de agosto, na Cinelândia. Na ocasião, foi realizada uma intervenção artística com manequins representando o número de mulheres que já vivenciaram situações de assédio. Na ocasião, 3.651 pessoas foram treinadas.


A partir daí, foram realizados treinamentos em aulas inaugurais de projetos de capacitação da Secretaria da Mulher do Rio de Janeiro, como o Mulheres.Tech e Mulheres do Rio. Além de treinamento para mais de 8 mil pessoas na grande formatura de mais de quatro mil alunas das Casas da Mulher Carioca e do programa Mulheres do Rio, no dia 23/09 no Espaço Hall. O corpo de funcionários e funcionárias da Secretaria de Políticas e Promoção da Mulher também recebeu o treinamento.


“Reconhecemos que esse é um problema de toda a sociedade e que, para que seja possível prevenir e combater casos de assédio e importunação, é preciso que todos saibam como agir. A iniciativa da prefeitura do Rio é fundamental para que esse conhecimento alcance mais pessoas”, explicou Bia Diniz, fundadora e diretora executiva da Cruzando Histórias.


Cruzando Histórias e Stand Up:


A Cruzando Histórias, organização social com sede em São Paulo que oferece apoio a mulheres em situação de desemprego e atua no combate à violência de gênero, é responsável pela aplicação do treinamento Stand Up no Brasil.


Contando com uma metodologia própria, que ensina a identificar e denunciar casos de assédio, o StandUp pode ser realizado em empresas, universidades, grupos ou individualmente (esse último, por meio de conteúdos online). Até o momento, a Cruzando Histórias já treinou mais de 52 mil pessoas em todo o Brasil.


Este treinamento é aberto para organizações e empresas.



תגובות


bottom of page