whatsapp
whatsapp

Grupos de Networking

Grátis
PROJETOS
Newsletter

Receba as novidades da CH

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

© 2019 Associação Civil Cruzando Histórias - 30.745.930/0001-35

Fale Conosco

Mooquense com orgulho meu. O meu universo paulistano se confunde com tantos outros universos complementares que formam quem eu sou e quem eu busco ser: meu lado extrovertido, divertido e lúdico está na minha paixão por café, livros, super-heróis e autoconhecimento.

Essa jornada começa com o agradável e acolhedor cheiro de café recém preparado. Esse amor ao café e minha curiosidade em aprimorar minhas técnicas e habilidades em servir, me conduziu ao mundo dos baristas. Aromas, xícara a xícara, fui navegando entre servir, treinar e liderar equipes a fazer o mesmo em uma das redes mais conhecidas do mundo.

 

A combinação entre um xícara de café e um bom livro e tão saborosa quanto queijo minas com goiabada. Por isso eu preciso te contar: após a minha experiência em café, eu fui viver o mundo dos livros em uma das livrarias mais tradicionais de São Paulo. Lá, não só a minha paixão por livros foi escrita e editada, mas curiosidade no tecnológico aguçada: era suporte e venda de livros digitais. Infelizmente o brasileiro não consome livros como café, então é preciso se reinventar e escrever um novo capítulo.

 

Em parques de diversões e no meu mundo super-heróis e príncipes se misturam: festa infantil aqui, festa ali, eu sou o Thor ou sou a Fera (da Bela), divertindo crianças e levando adultos a resgatar sonhos e fantasias. Essa experiência resgata a criança interior do outro e mantém a minha viva e cheia de energia e esperança.

 

Esperança essa que me conduziu a estudar a ciência da religião –teologia. A nossa cultura com a fé e o poder dela sobre nós, me levou para um caminho de autoconhecimento, de busca e de entender como a nossa crença, a nossa mente pode realizar transformações no modo de como vivemos e percebemos a vida. Parece óbvio para alguns, mas despertei em entender melhor os estados e processos mentais, do comportamento do ser humano e de suas interações com um ambiente físico e social – sim, eu fui e estou estudando psicologia.

 

A conexão com o outro começa com o servir, ouvir, despertar do lúdico e da empatia. Hoje eu busco ser agente de transformação na vida das pessoas, independente da ferramenta ou metodologia, sem deixar de lado a busca constante pelo autoconhecimento: que ser uma pessoa melhor para mim e para a sociedade onde estou. Enquanto a crise afeta a empregabilidade, eu desempenho, treino e aprimoro minhas habilidades interpessoais em trabalhos voluntários, onde eu possa ouvir, orientar e engajar pessoas a serem melhores versões de si mesma.

 

Hoje eu quero orientar pessoas em suas recolocações – ou primeiro emprego. Quero apoiar empresas a traçarem perfil e buscar profissionais que irá alavancar seus negócios e impactos na sociedade. Eu quero ser o que a sua organização precisa e busca para fazer a diferença de dentro para fora. Eu sou o filho, o namorado, o estudante, o barista, o vendedor, o amigo, o voluntário, o recrutador, o orientador, a Fera e o Thor. Eu sou o Ivo, prazer!