Em meio a uma pandemia, nasce o “Escutação Especial”

Projeto que oferece apoio emocional e acolhimento online para pessoas de todo o Brasil e conta com a colaboração de 200 voluntários!


“O que a Cruzando Histórias pode fazer para oferecer acolhimento para pessoas em desemprego em meio a essa pandemia covid-19?”. Me fiz essa pergunta repetidas vezes ao ler desabafos cheios de ansiedade nos nossos grupos de WhatsApp da ONG. São muitas pessoas, que esperavam a retomada do mercado após o Carnaval, mas agora não sabem o que fazer ou esperar diante desse cenário tão assustador. Eu mesma me questionei muito: como eu posso ajudar?


Encontrei a minha resposta através da própria história da Cruzando Histórias. Lembrei de como tudo começou, três anos atrás, quando eu saia sozinha nas ruas, carregando uma lousa debaixo do braço, perguntando: “Você está desempregado? Fale comigo!”.


Naquela época, a única certeza que eu tinha é que a escuta era a ferramenta para oferecer acolhimento e apoio para as pessoas. E foi a partir dessa escuta que criei a ONG e consegui desenvolver outros tantos projetos. Agora, no meio dessa pandemia, diante dessa necessidade de isolamento social, entendi que o posicionamento da Cruzando Histórias é justamente se manter fiel à sua essência e oferecer ainda mais escuta com empatia para as pessoas. A reposta sempre esteve presente: as pessoas precisam ser ouvidas!


Pensei então em adaptar um dos nossos projetos, o “Escutação”, que normalmente é oferecido presencial e em grupo, para um atendimento online e individual. Acredito que em um momento de crise é importante oferecer um atendimento personalizado. Além disso, em uma conversa com a Jéssica, psicóloga voluntária na CH, surgiu a ideia de criar também uma linha de atendimento mais focada no tratamento emocional e terapêutico. Só que para isso acontecer, tive que pedir reforços e abri inscrições para psicólogos voluntários. O resultado não poderia ser mais positivo: em 14 horas recebemos 250 inscrições de psicólogos!

Diante dessa onda de colaboração maravilhosa, nasce aqui o “Escutação Especial”, com dois caminhos de escuta, como explico a seguir:

1- ‘Acolhimento Online’: sessão única de escuta empática e orientação de carreira com escutador voluntário.

2- ‘Psicoterapia Breve’. Ciclo de quatro sessões com psicólogo voluntário. O foco é oferecer apoio terapêutico em um espaço que toca em questões mais profundas.

Importante reforçar que tudo, absolutamente tudo, é gratuito, online, individual e está disponível para pessoas em desemprego em todo o Brasil. Para participar basta e preencher o formulário de inscrição no site da Cruzando Histórias. Ali mesmo, a candidata (o) já escolhe qual dos dois caminhos de escuta se encaixa melhor para o momento dela (e). Depois disso, um dos nossos voluntários vai entrar em contato e agendar a sessão online. Pronto, simples e prático!


E as nossas expectativas são grandes: vamos começar os atendimentos no dia 25 de março, com uma equipe de 200 voluntários e uma meta de atender 350 pessoas até o final de abril. Esse é um projeto de muita responsabilidade e comprometimento, que só é possível porque posso contar com a colaboração de muitas pessoas.


Se antes eu saía sozinha nas ruas dizendo: “Você está desempregado? Fale comigo!”. Hoje eu tenho o orgulho de dizer: “Fale com a gente!”. A Cruzando Histórias se tornou uma comunidade forte, de pessoas genuinamente dispostas a ajudarem outras tantas pessoas. A verdade é que nem nos meus melhores sonhos eu poderia imaginar chegar tão longe, mas hoje eu tenho a certeza que posso e quero fazer muito mais!


Por isso deixo aqui o meu apelo: a Cruzando Histórias precisa de apoio e doações para existir. Se nosso trabalho te toca, apoie a nossa causa, doe, contrate ou patrocine os nossos projetos. Faça parte!


Com carinho e com esperança que iremos superar essa crise juntos,


Bia Diniz

0 visualização
whatsapp
whatsapp

Grupos de Networking

Grátis
PROJETOS
Newsletter

Receba as novidades da CH

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

© 2017-2020 Associação Civil Cruzando Histórias - 30.745.930/0001-35

Fale Conosco