top of page

Plataforma de doação renovou sonho de ver toda mulher com renda

Bia Diniz, da ONG Cruzando Histórias, contou com mentoria e suporte da Benfeitoria, finalista do Empreendedor Social 2022 na categoria Destaques na Pandemia.


Se uma imagem vale mil palavras, a empreendedora social Bia Diniz, 35, acrescenta que ela pode ser divisor de água. Na dela, foi.


Ao ver de casa, em Cotia (SP), o relato de uma desempregada na TV, ela foi às ruas e ajudou 15 mil mulheres com a ONG Cruzando Histórias. Parte delas pelo esforço no Dia do Doar, com a Benfeitoria, quando atraiu 386 doadores.


Faço coisas para ajudar as pessoas que todo mundo diz que é loucura. Por exemplo, pegava Uber compartilhado à noite do centro de São Paulo até Cotia para vender a outros passageiros brigadeiros que eu fazia e cujo dinheiro ajudava o Hai África, que dá a crianças acesso à educação no Quênia.

Bia Diniz | Créditos: Renato Stockler/Folhapress
Bia Diniz | Créditos: Renato Stockler/Folhapress
 

Matéria publicada na Folha de São Paulo em 18 de setembro de 2022 por Cristiano Cipriano Pombo.

Comments


bottom of page